Durante assalto, quadrilha roubou mais de R$ 87 mil de família

Uma série de crimes realizados por um grupo de criminosos na noite da última terça-feira, 30 de junho, lesou ao menos duas famílias, sendo uma da Picada São Paulo e outra de 14 Colônias, em Lindolfo Collor. Só da família de Morro Reuter, a quadrilha, que estava com vestimenta da Polícia Civil e portando fuzis, roubou mais de R$ 87 mil em dinheiro.



A sequência de fatos iniciou no roubo à propriedade na localidade de Picada São Paulo. Imagens das câmeras de monitoramento da propriedade, com duas casas, registraram os criminosos abrindo normalmente o portão, como se tivessem um controle remoto ou algum sistema eletrônico. Conforme o relato das vítimas, os criminosos teriam invadido uma residência pela porta da frente, e anunciando em voz alta que seriam da polícia.

Dinheiro roubado

De uma das casas, os criminosos levaram dois celulares e aproximadamente R$ 30 mil em dinheiro. O valor, segundo relato das vítimas, seria oriundo da entrega de um carregamento de ovos produzidos no local. Na outra casa, uma mulher foi feita de refém e foram roubados 6,4 mil euros, 3 mil dólares e R$ 3 mil, também em dinheiro, e uma sacola com roupas da família. Um homem conseguiu fugir pelos fundos e acionou a polícia, que chegou após os criminosos partirem em fuga.

Acidente e outro assalto em Lindolfo

Após o roubo à residência no Morro, os criminosos fugiram pelo interior, passando por Presidente Lucena, chegando em Lindolfo Collor. Contudo, no trajeto os bandidos colidiram o carro, uma Fiat Toro, e ficaram impossibilitados de seguir a fuga. Em função disso, eles decidiram abandonar a Toro e assaltaram uma família da localidade de 14 Colônias, roubando um novo carro, uma Toyota Fielder.

“Eles chegaram pulando o portão da frente, vestidos de policiais civis, com fuzis na mão. Anunciaram o assalto e pediram a chave. A única coisa que me perguntaram foi se o carro tinha corta corrente, porque se tivesse, voltariam para nos matar. Eu respondi que podiam levar e que o carro tinha seguro”, contou o morador.

Explosivos

Enquanto o grupo roubada o carro, um criminoso estacionou a Fiat Toro no pátio desta família em Lindolfo Collor. Dentro de veículo havia uma grande quantidade de explosivos, além de miguelitos e cartuchos de fuzil vazios. Uma equipe do Batalhão de Operações Policiais Especiais (BOPE), de Porto Alegre, esteve na madrugada de quarta-feira, 1º, no local e realizou a explosão dos artefatos. O carro da família de Lindolfo Collor foi localizado, ainda na madrugada de ontem, em Portão.

Fonte: odiario.net

0 visualização

Navegação:

Produtos:

Câmeras

Alarmes

Fechaduras

Monitoramento Rural

Aluguel de Equipamento

Vamos conversar:

  • Facebook Alarmes Portal Jaú
  • Instagram - Alarmes Portal Jaú

© 2019 DRM Agência